More than Muses

Soneto XCVI – Ao eminentíssimo Senhor D. Veríssimo de Lancastro, Inquisidor Geral e Cardeal de Portugal

Soneto XCVI – Ao eminentíssimo Senhor D. Veríssimo de Lancastro, Inquisidor Geral e Cardeal de Portugal

Edited by Sarah-Jane Christensen and T. Matthew Ginter

Soneto

Lograi, Senhor, a púrpura sagrada

tão repetidos séculos de vida,

que ao muito, que tem de merecida,

exceda ainda o muito de lograda.

 

Em vós mais, que em nenhum, bem empregada,

tanto em vós fica mais engrandecida,

que de todos será mais aplaudida, 

porque tem a grandeza duplicada.

 

Lograi-a (sacro Príncipe) de sorte,

que presuma talvez a humanidade,

que eterno sois, assim como sois digno;

 

Respeite a vossa vida a mesma morte,

que razão é, que logre eternidade

quem tantas prendas logra de divino.

Diplomatic Transcription

Ao Eminentissimo Senhor D. Verissimo de Lan-

Castro, Inquisidor geral, e Cardeal de

Portugal.

SONETO XCVI.

LOgray, Senhor, a Purpura sagrada

Taõ repetidos seculos de vida,

Que ao muyto, que tem de merecida,

Exceda ainda o muyto de lograda.

Em vòs mais, q<ue> em nenhum,bem empregada,

Tanto em vòs fica mais engrandecida,

Que de todos será mais applaudida, 

Porque tem a grandeza duplicada.

Logray-a (sacro Principe) de sorte,

Que presuma talvez a humanidade ,

Que eterno sois, assim como sois dino;

Respeyte a vossa vida a mesma morte,

Que razaõ he,que logre eternidade

Quem tantas prendas logra de divino.

Edition Notes

 

Works by Soror Violante do Céu

Posted

16 September 2021

Last Updated

14 June 2022

References

References
1 De los pecados de mi juventud y de mis rebeliones, no te acuerdes, Dios. Se refiere a Salmos 25:7.