More than Muses

Soneto XXXII – A Irmandade das Escravas de nossa Senhora da Divina Providência

Soneto XXXII – A Irmandade das Escravas de nossa Senhora da Divina Providência

Edited by Sarah-Jane Christensen and Rebecca Halls

Soneto

Nesta congregação, nesta irmandade

que instituiu o amor mais verdadeiro

quanto tem de maior o cativeiro,

tanto tem de mais certa a liberdade.

 

Vós escravas da excelsa majestade,

com que só a de Deus está primeiro,

servi, que só servir tão grão luzeiro

é também imperar na eternidade.

 

Servi. Conseguireis o imperioso

e o Divino também, pois tudo alcança 

quem Maria de amor cativa e prende.

 

Oh cativeiro sempre venturoso!

pois nele quem mais serve, mais descansa,

pois nele vence mais, quem mais se rende.

Diplomatic Transcription

A Irmandade das Escravas de nossa Senhora

da Divina Providencia.

SONETO XXXII.

NEsta Congregaçaõ, nesta Irmandade

Que instituio o amor mais verdadeiro

Quanto tem de mayor o cativeyro,

Tanto tem de mais certa a liberdade.

Vòs escravas da excelsa Magestade,

Com que só a de Deos està primeyro;

Servi, que só servir taõ graõ luzeyro

He tambem imperar na Eternidade

Servi; conseguireis o imperioso

E o Divino tambem; pois tudo alcança 

Quem Maria de amor cativa, e prende

Oh cativeyro sempre venturoso!

Pois nelle quem mais serve,mais descança,

Pois nelle vence mais,quem mais se rende.

 

Edition Notes

The replacement of grave accents (`) with acute accents (´): vòs > vós, està > está, dà > dá, atè > até, fè > fé, ostentaràs > ostentarás, pès > pés, jà > já. 

 

The replacement of grave accents (`) with circumflex accents (^): mercè > mercê. 

 

The deletion of unnecessary accent marks in words that no longer require them: fórma > forma, ò > o, Tiàra > Tiara, ostentàra > ostentara, Remunère > Remunere 

 

Works by Soror Violante do Céu

Posted

3 August 2021

Last Updated

14 June 2022

References

References
1 De los pecados de mi juventud y de mis rebeliones, no te acuerdes, Dios. Se refiere a Salmos 25:7.